QUEM SOMOS

          Quando idealizei a página aqui presente eu fiquei pensando, como vou colocar “Quem Somos” sendo que não tenho uma equipe ou um sócio(a), fiquei pensando em outra forma de legenda que pudesse encaixar no singular, ou seja, uma legenda indicando que só eu teria criado esse projeto,  pensei em colocar “Sobre”, mas achei meio estranho. Pensando, pensando e pensando, me veio uma luz, fiz uma análise completa do projeto e percebi que deveria deixar o “Quem Somos”, e sabe por quê?
          Por que nessa vida não fazemos nada sozinhos, esse projeto foi pensando e idealizado por uma pessoa, mas teve a participação de várias pessoas intimas e não intimas que me deram um pouquinho do seu tempo para me ajudar nas escolhas de várias partes desse projeto.
          O “Quem Somos” vai pra além de mim que idealizou, ele vai também para todos que contribuíram de alguma forma diretamente ou indiretamente com esse projeto, sendo em uma opinião, oferecendo ajuda ou por ter me motivado a continuar. 
Sou muito grato pela paciência e atenção, afinal, ninguém faz nada sozinho.

          Agora sem formalidades, vou falar um pouquinho sobre mim. Meu nome é Alisson Fabricio, tenho 26 anos, moro no Distrito Federal - BR, sou formado em Análise e Desenvolvimento de Sistemas e Técnico em Informática, atualmente faço pós graduação em Ciência de dados. Ai vocês podem ser perguntar, por que o "carinha da informática" está fazendo um site sobre transtornos mentais.

          Então vou explicar melhor, esse projeto veio para mim como um chamado de Deus para que eu pudesse ajudar as pessoas, para que eu mostrasse a elas que esta tudo bem, que elas não são loucas, que elas vão ficar bem, o intuito é levar informações objetivas e direta onde as pessoas possam tirar suas dúvidas, terem dicas e poderem assim começar a praticar o auto-cuidado. 

          Eu tenho TAG (Transtorno de ansiedade Generalizada), e depois que desenvolvi esse transtorno em fevereiro de 2019, eu comecei a me sensibilizar muito com as pessoas que sofrem algum tipo de transtorno e muito das vezes não entendem ou não são compreendidas. Esse projeto não é só meu, ele é de todos e para todos. Enfim eu quero que vocês saibam que vocês não estão sozinhos e que podem contar comigo. 

Aproveitem os conteúdos, foi tudo feito com muito carinho. Abraço !